fbpx
credenciamento nfce mg

NFC-e em MG: Como realizar o Credenciamento

A NFC-e já é realidade em Minas Gerais e da um passo importante para facilitar a vida dos varejistas mineiros. Pensando nisso preparamos esta matéria especialmente para você que deseja realizar o credenciamento para emitir NFC-e em MG.

Vale lembrar que o credenciamento voluntário está liberado desde março/2019 para todos os contribuintes, é importante se preparar e não deixar em cima da hora. Você que está com o ECF vencendo, se garanta!

Como se Credenciar para a NFC-e em MG

1- O primeiro passo para realizar o credenciamento da NFC-e em MG é acessar o site da SIARE pelo link:
https://www2.fazenda.mg.gov.br/sol/

No Portal SIARE, selecionamos a opção “Inscrição Estadual” para o campo “Usuário”. Informamos a Inscrição Estadual, o CPF do Responsável Máster, a senha e clicamos na opção “Entrar”.

2- No menu na lateral ao esquerdo da tela selecionamos “Documentos Eletrônicos” e “Credenciar Emissor”.

3- Na tela Credenciar Emissor, selecionamos a IE para a qual o contribuinte deseja efetuar o cadastro no ambiente de homologação e clicamos em “Pesquisar”.

4- Na tela apresentada clique no campo “Emitir” referente ao documento que deseja se cadastrar (NFC-e).

5- Na próxima tela deve clicar no botão “+” para inserir os dados do responsável.

6- Informamos o CPF e clicamos em “Pesquisar”.

7- Selecionamos se o contato é de negócio, técnico ou ambos. Clicamos em “Confirmar” e “Avançar”

”IDENTIFICAÇÃO DOS RESPONSÁVEIS PELO PROJETO NFC-e NAS RESPECTIVAS ÁREAS”,

  • o Responsáveis pela área de negócio – pessoas que deverão ser contatadas em caso de paradas no sistema da NF-e assim como para assuntos relativos às áreas tributárias, fiscais e contábeis pertinentes à NF-e;
  • o Responsáveis pela área de T.I. – pessoas que deverão ser contatadas em caso de paradas no sistema da NF-e assim como para assuntos específicos de T.I., como por exemplo, alteração na versão de Schemas XML;

8- Na tela a seguir, selecionamos o tipo de certificado e a autoridade certificadora. Feito isso clicamos em “Avançar” e “Confirmar”.

Geração do CSC (Código de Segurança do Contribuinte)

A próxima tela informará que o contribuinte foi credenciado em homologação e apresentará o CSC.

O código CSC junto de seu ID Token deverão ser informados em seu emissor NFC-e.

Liberação do Ambiente de Produção

A solicitação de liberação de acesso ao ambiente de produção só poderá ocorrer depois de decorridas, pelo menos 2 horas da conclusão do cadastro.

Após logar no SIARE, selecionar no menu apresentado na lateral esquerda a opção “Documentos Eletrônicos” e “Liberação de acesso ao ambiente de produção”.

Observação: A liberação do ambiente de produção não restringe o acesso ao de homologação, que sempre estará disponível para testes pelo contribuinte credenciado.

Obrigatoriedade da NFC-e em MG

Para conferir o Cronograma Completo de adesão da NFC-e em MG e conhecer seus benefícios, fizemos um post especial com todas as informações que você precisa saber para se preparar! 💚
Saiba mais → 

Gostando do nosso conteúdo?
Aproveite e assine nossa newsletter!💚

Emita sua NFC-e

O invoiSys NFC-e é ideal para varejistas que precisam de uma solução de alta performance e que resolva de forma especialista todos os tratamentos da NFC-e, gerando tranquilidade para os times do Fiscal e TI, com menor requisito de impacto nos PDVs.

Também é a Solução favorita das Software Houses de Automação Comercial que necessitam de um parceiro para integrar seus sistemas sem necessidade de Componentes em seus PDVs.

Fonte: SEFAZ MG

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *